Chama o Doutor Você Sabia?

Dor muscular pós prova pede cuidados

Poucas pessoas entendem quando fala-se de uma dor boa. Nós corredores sim. O sofrimento é o nosso corpo respondendo a um treino difícil, informando-nos que com cada passo nos empurramos para um novo objetivo, anteriormente não alcançável. Ou depois de uma prova longa que exigiu mais do que concentração e um corpo saudável, mas muita determinação e superação. E quando a dor muscular chega é impossível evitar e ignorar.

Nós participamos da última Ultra Maratona Bertioga/Maresias neste sábado (21/10) e sabemos bem do que estamos falando. Músculos “gritam” por aqui e precisávamos pesquisar mais sobre como podemos aliviar essa dor, que é boa, mas sofrida ao mesmo tempo, para também informar nossos colegas e leitores que passaram por lá.

As dores causadas pelo acúmulo do ácido láctico podem incomodar entre 3 e 7 dias e desaparecem depois. Alguns atletas demoram mais para sentir o impacto da substância no organismo, com a chamada dor muscular tardia, com os mesmos desconfortos da dor muscular habitual. Todos os níveis de corredores e praticantes de atividade física podem passar por isso, principalmente depois de uma prova longa, mas é possível amenizar as dores e ter uma recuperação mais rápida para o voltar logo ao treino (Eba!). #BrasilRun

Veja essas dicas de fisioterapeutas para recuperar seu corpo no tempo certo:

1 – Repouse, pois dormir e descansar é necessário para se recompor e para a recuperação muscular.

2 – Aplique gelo com auxílio de uma toalha ou pano por 15 a 20 minutos logo ao terminar um treino ou prova intensa

3 – Faça uma boa massagem com um profissional.

4 – Faça uma automassagem nos músculos mais exigidos (movimentos circulares com creme ou pomada irão aquecer e melhorar a dor).

5 – Aplique uma bolsa quente horas depois nas regiões de dor ou maior rigidez muscular.

6 – Tome um banho quente, isso faz uma vasodilatação periférica conseguindo um relaxamento dos músculos e diminui a “rotação” pós-treino intenso. Isso acalma e ajuda a dormir bem.

7 – Faça uma caminhada ou até mesmo tarefas de casa ou exercícios leves para aquecer o corpo. Atividade sexual também é válida.

8 – Faça alguns alongamentos, eles ajudam a diminuir a sensação de rigidez causada pela dor.

9 – Reponha suas energias, dê preferência a alimentos antioxidantes e proteínas com uma dieta adequada e orientada por nutricionista.

Fonte: WebRun

Sobre o Autor

Equipe Brasil Run

Adicionar comentário

Clique aqui para comentar o post

Newsletter

Publicidade