Comer Bem Para as Meninas

Alimentação saudável não precisa ser tão cara. Saiba como!

Em um mundo perfeito, sua geladeira estaria sempre super abastecida e repleta de alimentos frescos e de alta qualidade que guardam os nutrientes que você precisa para manter uma alimentação super saudável e leve. Mas isso nem sempre é possível e por muitas razões. Primeiro, dinheiro. Se atualmente você anda contando seu dinheiro, apenas uma ida ao melhor mercado local, por exemplo, pode ser suficiente para secar sua carteira.

Embora a compra de superalimentos orgânicos possa custar mais do que o seu orçamento de supermercado permite, ainda é possível conseguir itens básicos e saudáveis a um preço acessível.

Muita gente têm a falsa noção de que comer saudável exige ingredientes caros, opções orgânicas e receitas únicas para veganos. Mas isso não poderia estar mais longe da verdade. Ingredientes saudáveis ​​e econômicos não precisam ser caros e as receitas não precisam ser detalhadas ou complicadas.

Então, se você estiver pronto para levar a sua nutrição ao próximo nível sem ver um rombo na sua conta bancária, dê uma olhada nestas estratégias aprovadas por especialistas para comer bem sem surtar.

– Faça o melhor com o que já tem na sua geladeira
Uma coisa de cada vez. Antes de se deslocar até o mercado ou mercearia, dê uma boa olhada no que está na sua geladeira. Isso garante que você não compre algo que já tem e que um alimento em bom estado não será desperdiçado.

Caso não consiga encontrar aquela caixa de quinoa quando quiser cozinhar ou se o tal filé de salmão selvagem for empurrado para a parte de trás da geladeira sem ser cozido, é dinheiro desperdiçado.

Por isso, recomenda-se rever toda a sua geladeira semanalmente e sua despensa mensalmente. Jogue fora o que é ruim e coloque os itens que precisam ser usados logo na frente, onde você pode vê-los.

– Encha seu freezer de congelados
Um corredor do mercado no qual você certamente pode passar um tempo é a seção de alimentos congelados. Acredite, o freezer é seu amigo. As frutas e legumes congelados são realmente tão nutritivos quanto os frescos, de acordo com um estudo no Journal of Food Composition and Analysis.

Os alimentos congelados também são úteis se você estiver cozinhando sozinho, ou se você simplesmente não tem a necessidade de preparar todo o saco de brócolis de uma só vez. Você pode apenas usar o que vai comer e colocar o resto de volta no congelador. A maioria das frutas e legumes congelados pode durar até oito meses no congelador, e certas carnes, como frango ou peru, podem durar até um ano no congelador.

Em resumo, é sempre bom pesquisar novas possibilidades e formas de se manter leve e saudável. É possível comer bem, sem gastar demais. Última dica? Pesquise na sua cidade onde acontecem feiras de orgânicos também. São produtos ainda mais naturais e não tem o valor alto das grandes marcas do mercado saudável, que produzem em maior escala, além do que, você ainda ajuda um produtor local. #BrasilRun

Fonte: Runner’s World

Adicionar comentário

Clique aqui para comentar o post

Newsletter

Publicidade