Para as Meninas

Seu cabelo precisa de cuidados após e durante os treinos

Quem corre sabe que, ao final de cada treino, o visual do seu cabelo pode ficar completamente detonado. A beleza e principalmente a saúde dos fios são bem importantes para as mulheres é por isso que nunca é tarde para aprender a cuidar bem dos cabelos em todos os momentos, incluindo após as atividades físicas.

O segredo está em adotar medidas conforme o nível de transpiração que ocorre em cada prática. O pH ácido do suor costuma agredir as cutículas dos fios. Como é um fluido composto de sal, em contato com o cabelo, provoca ressecamento e perda de nutrientes importantes. O efeito é quase o mesmo de quando estamos de férias na praia, entrando no mar todos os dias. Sal demais nunca é bom.

Mas além de uma boa ducha, há outras formas de neutralizar suas consequências no período pós-exercício. As dicas são determinadas pelas faixas de ritmo da atividade escolhida, veja só:

• Ritmo baixo: pilates, caminhada, musculação

Como são atividades teoricamente mais tranquilas, dificilmente há excesso de transpiração e cabelo empapado. Para as garotas megaocupadas, que emendam a atividade física com o trabalho, faculdade ou outro compromisso, lavar a cabeça na sequência nem sempre é possível. Sorte que dá para aguentar até o fim do dia, no maior estilo. Em vez de deixar o cabelo solto (lembre-se de que o mínimo de suor faz com que sujeiras presentes no ar sejam fixadas), vale fazer uma trança. Fios encaracolados recuperam a textura se você fizer duas tranças, prendê-las no estilo princesa Leia, de Star Wars, soltá-las depois de algum tempo e, ao final, usar o creme para pentear para modelar os cachos.

• Ritmo médio-alto: dança, yoga, demais atividades do tipo

Antes de sair da academia, passe um pouco de creme para pentear no comprimento dos fios e experimente fazer uma trança lateral, um coque solto ou um rabo de cavalo no alto da cabeça, tomando o cuidado de optar sempre por elásticos feitos de material similar ao da meia-calça, que são mais macios e não apertam demais – o creme age na proteção do cabelo, já que a umidade do suor pode enfraquecer e partir os fios.

• Ritmo elevado: spinning, crossfit, hit

Mulheres de cabelo volumoso, crespo ou encaracolado podem ficar estilosas e protegerem os fios usando uma faixa ou um turbante de tecidos que absorvem o suor, como o algodão. Isso ajuda a mantê-los livres de oleosidade até a lavagem.

Atenção!
Composto de água, ureia, ácido úrico e cloreto de sódio, o suor pode resultar em doenças e queda capilar devido à proliferação de bactérias e fungos. Isso sem falar no odor desagradável, né? Por isso, é bom não ficar muito tempo sem lavar o cabelo depois do treino.

A prática constante de atividade física exige maior capricho na lavagem. Dependendo da quantidade de suor, não deixe de repetir a dose de xampu para eliminar todo o acúmulo de sujeira e gordura, sempre tomando o cuidado de enxaguar bem.

Nessas horas, o condicionador é fundamental para dar maleabilidade e desembaraçar os fios. E como a transpiração aumenta o risco de ressecamento e opacidade capilar, a aplicação de creme de tratamento uma ou duas vezes por semana, conforme a sua frequência de malhação, ajuda a hidratar, elimina o arrepiado, sela as pontas duplas e dá brilho.

Escolha sempre os produtos que forem mais indicados para o seu tipo de cabelo e não apoie-se somente nas dicas de uma amiga que pode ter uma estrutura capilar diferente da sua e sempre que possível, consulte um dermatologista caso sinta que há algo errado com o seu couro cabeludo ou seus fios. #BrasilRun

Fonte: Boa Forma

Sobre o Autor

Equipe Brasil Run

Adicionar comentário

Clique aqui para comentar o post

Newsletter

Publicidade