Você Sabia?

Carregar sua água durante a corrida deve ser prioridade.

Carregar sua água
Carregar sua água

Levar sua água durante a corrida pode ser trabalhoso e muita gente, por falta de ideia de como carregar, acaba deixando para se hidratar ao final da corrida e isso pode gerar sérios problemas de desidratação.

A maioria dos corredores estrategicamente escolhe suas roupas, tênis e planos de treinamento, mas não tem planos para se manterem hidratados e isso é um problema. Na extremidade mais leve do espectro, a desidratação pode causar dor de cabeça e atrapalhar a corrida, e, no lado mais grave, pode levar à insolação, que pode ser fatal.

Determinar seu plano de hidratação é complicado e simples ao mesmo tempo. Todo mundo exige quantidades diferentes de água durante a corrida, mas é fácil descobrir o quanto você precisa com essa estratégia:

1- Pese-se sem roupa antes de uma corrida.
2- Corra no ritmo da corrida por uma hora, acompanhando o quanto você bebe (em onças) durante a corrida.
3- Depois da corrida, tire a roupa, enxugue o suor e pese-se novamente nu.
4- Subtraia seu peso do seu peso pré-fabricado e converta em onças. Em seguida, adicione a esse número, mas muitas onças de líquido que você consumiu em sua corrida. (Por exemplo, se você perdeu um quilo e bebeu 16 onças de fluido, sua perda total de líquidos é de 32 onças.)
5- Para determinar quanto você deve beber a cada 15 minutos, divida sua perda de fluido por hora em 4 (no exemplo acima, seria 8 onças).
6- Como o teste só determina suas perdas de suor pelas condições ambientais que você executa naquele dia, você deve testar novamente em outro dia, quando as condições forem diferentes, para ver como sua taxa de suor é afetada. Você também deve refazer o teste durante as diferentes estações do ano, em diferentes ambientes (como altitudes mais altas ou mais baixas) e à medida que você se torna mais rápido, já que o ritmo também afeta sua taxa de suor.

Especialistas também advertem contra o excesso de hidratação, que pode ser fatal em casos extremos, então você não deve pesar mais do que o seu peso inicial quando voltar. Faça esse teste periodicamente ao longo do ano, já que suas necessidades de água mudarão com base na temporada e em como você se acostumou ao calor.

Compreender a sua taxa de suor pessoal também é importante porque o carregamento de água de uma só vez não é a melhor estratégia de hidratação. A ideia é substituir o suor à medida que você o perde, além de uma barriga cheia de água não ser muito confortável.

Sabemos que carregar água além de todo o resto (chaves, gel e telefone) não é o ideal, mas há muitas boas opções disponíveis no mercado para todo tipo de corredor. Pesquise e veja qual produto se encaixa melhor na sua rotina de treinos e provas. #BrasilRun

Fonte: Runne´s World

Leia também sobre como economizar energia e dar mais gás ao seu treino!

Adicionar comentário

Clique aqui para comentar o post

Newsletter

Publicidade