Você Sabia?

O ritmo ideal da sua corrida em alguns passos

Correr exige muito de todo o nosso corpo e saber controlar o ritmo e a respiração é fundamental para manter um bom equilíbrio em todas as funções físicas, além de ajudar a chegar ao fim do treino ou da prova com resultados melhores. Começar rápido demais, por exemplo, é um erro muito cometido pelos corredores – principalmente por aqueles que estão dando os primeiros passos no esporte. Ao gastar tudo o que você tem desde o início, faz com que perca grande parte da energia estocada no corpo. Aí, tende a ficar sem combustível para o final, o que leva a fadiga muscular.

Em um estudo publicado no Journal of Strength and Conditional Research, atletas que saíram forte demais no começo do treino tiveram uma redução de 5,5% na economia de corrida, em comparação a quando iniciaram a atividade em ritmo moderado. Os cientistas estimam que isso representa um prejuízo de 3 min em uma corrida de 1 hora. Pensando nisso, encontramos dicas super bacanas para você não cometer mais esse erro e tirar o melhor proveito dos benefícios que o ritmo ideal de corrida pode trazer:

Faça um bom aquecimento
Corra os primeiros 10 min a 20 min em ritmo leve, para permitir que seu corpo se adapte ao exercício. Em dia de provas, dependendo do objetivo, você pode aquecer antes da largada para acelerar desde o começo da corrida. Defina com seu treinador a melhor estratégia.

Conheça seus limites
Realize treinos específicos na velocidade na qual você pretende fazer a prova. Outra dica é não ficar refém do GPS. É muito importante conhecer seu corpo e saber usar a percepção de esforço (escala de Borg) para identificar a intensidade do exercício e o ritmo ideal.

Controle o entusiasmo
No pelotão de largada, posicione-se na área destinada ao seu pace. Se ficar perto de corredores mais rápidos, você pode se empolgar e acelerar além do que deve. Percursos com declive nos primeiros quilômetros também costumam influenciar corredores menos experientes a impor um ritmo inicial muito forte. Mantenha sempre em mente o que foi planejado nos treinos.

Combine outras atividades
Procure associar à corrida a prática de outras modalidades que auxiliam no controle da respiração como yoga, meditação e natação. Isso pode ser super valioso na hora de encontrar o ritmo ideal para o seu corpo.

Encontre o ar puro
Correr em ambientes com maior presença de ar puro (parques, campos arborizados) também tornam o treino mais leve e a respiração mais agradável.

#BrasilRun

Fontes: Sua Corrida, Runners World

Adicionar comentário

Clique aqui para comentar o post

Newsletter

Publicidade