Você Sabia?

Periodização do treino. O que é e qual sua importância?

periodização
foto: Verywell Fit

A sistematização do treino ou periodização. Esse termo origina-se da palavra período, que é uma porção ou divisão do tempo em pequenos segmentos, mais fáceis de controlar, que por sua vez, são denominados fases.

Esse período preparatório, ou também conhecido como treinamento de base, é o que vai te dar toda a bagagem necessária para você ter um bom desempenho nesse ano de provas.

A periodização vai te dar condições de suportar cargas maiores no futuro e quando bem feita, suas chances de se lesionar durante o período de provas serão bem menores. Leia mais para entender a verdadeira importância desse tipo de treinamento.

O que é?
O ciclo anual de treino pode ser dividido em três períodos básicos:
Macrociclo, que corresponde a três ou seis meses; Mesociclo: de quatro a seis semanas; Microciclos: que corresponde de sete dias ou quinze dias. Todos são super importantes para a evolução do atleta, sendo o período preparatório ou macrociclo, o responsável por desenvolver a preparação como um todo, incluindo a parte física, técnica, tática e psicológica.

Essa fase geral (base) da periodização, é mais focada no desenvolvimento de força básica, flexibilidade e técnica de corrida com ênfase em resistência; e a segunda fase tem como objetivo desenvolver o fortalecimento específico para a corrida, técnica com ênfase em velocidade e inserção de atividades voltadas à velocidade e pliometria (saltos).

A periodização da corrida serve basicamente para:
– Adquirir e melhorar o condicionamento físico geral
– Melhorar as capacidades biomotoras
– Cultivar traços psicológicos específicos
– Desenvolver, melhorar ou aperfeiçoar a técnica de corrida
– Familiarizar o praticante com as manobras estratégicas básicas nos períodos seguintes
– Aprender a teoria e a metodologia do treinamento

Esse período preparatório é indiacado para ser feito uma vez ao ano e, incluindo todas as fases sendo que quanto mais treinado for o atleta, menor será a fase geral.

Mas claro, lembre-se de que tudo pode variar de acordo com seus planos e provas escolhidas para o decorrer do ano. Por exemplo: se você for fazer duas provas principais este ano, sendo uma em cada semestre, faça dois períodos preparatórios, sendo uma base maior no início do ciclo e outra mais curta e simples antes da sua segunda prova alvo.

No mais, incluir a peridização não é algo simples e deve sempre ser preparada e feita com o auxílio de um treinador de confiança para que você realmente colha todos os benefícios e se torne um atleta mais consciente e completo a cada passada.

Fontes: Ativo, Treino Online

Curtiu? Leia aqui também sobre como adicionar treinos de velocidade antes de uma maratona.

Sobre o Autor

Equipe Brasil Run

Adicionar comentário

Clique aqui para comentar o post

Newsletter

Publicidade