Chama o Doutor Você Sabia?

Repouso ativo. O que é e qual a sua importância?

Na medida em que a corrida vai se tornando parte de sua vida, mais você percebe que há muito para aprender sobre esse esporte. O treino regular irá melhorar a sua capacidade e desempenho, mas o excesso de treinamento e a negligência no descanso podem levar a lesões e doenças. Aí que entra o repouso ativo (no lugar do descanso passivo, que seria um dia livre de exercícios) que muitos ignoram ou não entendem completamente.

Seu treino definitivamente não deve se manter em esforço total o tempo todo. Esta pode ser uma verdade difícil para aqueles relativamente novos para o esporte, que se apaixonaram pela chuva de endorfina. Quanto mais difícil você corre, mais esses sentimentos bons podem inundar sua corrente sanguínea e rapidamente você se encontra em um círculo maligno de corrida onde você está sempre se forçando a fazer mais. Toda vez que você corre força o seu corpo a realizar o seu melhor, tentando obter o máximo percebido de cada sessão, certo?

Um fisiologista na Noruega, criou a regra 80/20. Ele argumenta que, para obter ganhos máximos de desempenho, 80 por cento dos exercícios devem ser feitos em uma velocidade lenta, juntamente com 20 por cento em um ritmo médio a rápido.

Isso significa que se você treinar cinco vezes por semana, apenas aproximadamente uma sessão deve estar na zona difícil (Z3 ou Z4-5 da sua freqüência cardíaca), como um intervalo ou exercício de limite. Isso significa que 80% da sua semana de treinamento deve ser gasto em corrida / exercício constante / fácil, que poderia caber facilmente em uma definição de “recuperação de corrida”.

As corridas de recuperação podem aumentar o volume de toda a semana de treinamento, o que também pode aumentar a sua capacidade aeróbica, ajudando você a correr mais rápido: quanto melhor a base, mais capacidade você tem de correr mais e mais rápido.

Mas há mais do que benefícios fisiológicos para o funcionamento da recuperação. Fazer o repouso ativo também permite que os corredores trabalhem em outros objetivos além do desempenho. Isso significa enfocar em habilidades, como os diferentes componentes técnicos necessários para correr bem, incluindo a execução de um cotovelo alto, retrocedido ou com uma ligeira inclinação para a frente.

Há outro enorme benefício obtido em uma corrida de recuperação semanal. Deixando seu relógio em casa e mantendo uma velocidade mais moderada de corrida, nos dá a oportunidade de praticar a atenção plena, super importante para corrigirmos erros que não percebemos quando nosso foco é distância X tempo.

Consulte um especialista e descubra o melhor repouso ativo para a sua rotina existente de treinos! #BrasilRun

Fonte: Women’s Running UK

Sobre o Autor

Equipe Brasil Run

Adicionar comentário

Clique aqui para comentar o post

Newsletter

Publicidade