Você Sabia?

Seus tendões precisam de mais força!

Tendões
Tendões

Sabia que seus tendões de Aquiles são imprescindíveis para terminar a corrida na sua melhor performance? Claro, cada parte do nosso corpo tem sua importância para chegarmos ao final de uma prova com força total, mas os tornozelos são muitas vezes deixados de lado. Mas pesquisas feitas nos EUA mostraram o quão nossos tendões devem ser trabalhados e como eles afetam (bem ou mal) nossa performance.

Em um dos estudos, publicado na revista Medicine & Science in Sports & Exercise, 25 corredores correram 10K em ritmo próximo à corrida de distância. Os pesquisadores mediram o trabalho que estava sendo feito pelas articulações do tornozelo, joelho e quadril dos corredores, aproximadamente duas vezes por milha, ao longo dos 10K.

Os pesquisadores descobriram que, ao longo dos 10K, parte do trabalho inicialmente realizado pelo tornozelo dos corredores foi cada vez mais captado pelos joelhos e quadris dos corredores. Essa troca de cargas provavelmente leva a uma performance menos eficiente. De acordo com os pesquisadores, essa descoberta poderia explicar por quê a economia de corrida ou quanto oxigênio é necessário para manter um certo ritmo, piora à medida que nos cansamos.

No segundo estudo, publicado no PLoS ONE, 18 corredores fizeram uma corrida de 90 minutos com esforço médio. Os pesquisadores mediram a rigidez dos tendões dos corredores e a economia de corrida no ritmo moderado antes e depois da corrida. Eles descobriram que os tendões de Aquiles dos corredores estavam muito menos rígidos após a corrida e que a economia de corrida dos sujeitos havia piorado.

Embora menos rigidez nos tendões possa parecer desejável, neste caso não é – quanto mais rígidos mais significa que os músculos aos quais eles estão ligados não têm que trabalhar tão duro para gerar força. À medida que os tendões se tornam menos rígidos, os músculos associados aumentam mais o trabalho, e o custo energético de manter um determinado ritmo aumenta.

Tendões de Aquiles e tecidos moles relacionados são necessários para qualquer corredor que pretenda maximizar o desempenho. Os dois estudos mais a recomendação de fortalecimento são especialmente importantes para alguns segmentos da comunidade em atividade: mulheres, corredores mais velhos e pessoas com histórico de lesão nos tornozelos.

Uma chave para fortalecer o seu tendão de Aquiles e tornozelos pode ser correr mais rápido com mais frequência. Mas isso não significa que você precisa distribuir conjuntos de repetições de 400 metros a cada semana. Ter pelo menos um dia por semana, onde você faça tiros rápidos de 100 a 200 metros várias vezes, como intervalos após o aquecimento, ou em um trecho plano e nivelado de estrada ou terra após uma corrida curta. Dê bastante tempo entre eles para que você possa executar cada repetição com boa forma, o que inclui empurrar com força os tornozelos.

Procure também trabalhar essa área com exercícios focados de fisioterapia ou na musculação. Consulte seu treinador e não deixe de lado seus tornozelos!

Fonte: Runner’s World

Leia aqui também sobre a Deformidade de Haglund, que pode surgir na região do calcanhar.

Adicionar comentário

Clique aqui para comentar o post

Newsletter

Publicidade