Conecte-se!

Treinamento

Porque você deveria treinar para corrida em declive.

Publicidade

Os percursos de corrida são sempre projetados para definir um desafio para os corredores, seja sobre distância, terreno ou velocidade. Mas treinos em descidas ou declive são tão importantes quanto treinos em subidas, e vamos ver o porquê?

Parece claro, que correr ladeira abaixo é bem mais fácil, do ponto de vista do gasto de energia, isso exigiria menos energia do atleta, mas existem contrapontos dizendo que o treino de corrida em declive deve ser feito.

Pois, ele é realmente importante, para proteger as pernas e as articulações do atleta, por isso, é sempre bom se preparar adequadamente para o treinamento específico em descidas.

O que acontece quando corremos em declive?

Correr ladeira abaixo, do ponto de vista cardiovascular e metabólico, parecerá mais fácil. O trade-off é o trabalho que os músculos precisam fornecer, chamado de contração excêntrica.

Isso significa que o esforço de contração, especificamente o quadríceps da perna, não só terá que combater a força da gravidade da descida, o que alonga o tecido.

Publicidade

O músculo também precisará se contrair nessa posição alongada para evitar o momento de assumir, e para ajudar o corpo a permanecer na posição vertical, ajudando de igual modo a permanecer estável.

Enquanto o atleta de corrida controla sua velocidade, para não perder o controle e o equilíbrio. Esse aumento no esforço de trabalho produz um aumento nos danos musculares, deixando muito dolorido e cansado.

Isso acontece especialmente se o atleta fizer um curso em declive com pouco ou nenhum treinamento específico. É muito importante fazer treinos em declive, com um treinamento específico para evitar danos.

Em conclusão ao que falamos nesse artigo, se o atleta quiser fazer uma corrida de descida, precisará treinar seu corpo para imitar os aspectos de declive para evitar problemas ou lesões.

Publicidade

Os principais aspectos para a preparação de uma corrida em declive devem incluir o fortalecimento excêntrico e central, a execução de percursos cheios de morros, dando mais ênfase ao seu formulário enquanto se olha para o futuro da rota.

Na descida, o foco deve estar em passos curtos, rápidos e leves, que pousam embaixo do atleta, em vez de alcançar a sua frente. Todo o treino precisa ser feito sempre com seguindo um treinamento específico.

Por final, o atleta agradecerá, ao dominar não apenas a corrida em declive, mas também a tornar-se um corredor mais eficiente em todos os tipos de terrenos.

Publicidade

Curtiu? Então leia aqui também sobre como a bicicleta pode complementar o seu treino de corrida.

Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

corrida de são silvestre 2020 corrida de são silvestre 2020

Como será a Corrida de São Silvestre 2020?

Você Sabia?

supinação supinação

Sofre de supinação? Entenda como consertar isto.

Treinamento

condicionamento condicionamento

Condicionamento depois da quarentena. Como recuperar?

Dicas de Saúde

coach de corrida coach de corrida

Coach de corrida. Quando precisamos e por quê?

Você Sabia?

Publicidade
Publicidade
Conecte-se #BrasilRun