Conecte-se!

Você Sabia?

Artrite pode te tirar da corrida? Entenda.

Publicidade

Alguns corredores diagnosticados com artrite julgam que precisam abandonar o esporte, e, em alguns casos, eles estão certos, já que a corrida intensa causa inflamação nas articulações. Mas existem alguns outros pontos que devem ser observados.

Um deles é que correr pode ajudar a reduzir os sintomas da artrite, por exemplo, isso porque, quando feito corretamente, o exercício ajudará a reduzir os sintomas desse mal. Mas devemos sempre consultar um médico antes de iniciar um programa de exercícios, pois isso irá reduzir o risco de ferimentos ou complicações em decorrência da corrida.

Não é preciso parar e sim se cuidar, especialmente se a artrite se apresentar nas articulações da parte inferior do corpo.

Os benefícios para corredores com artrite.

Todos nós já ouvimos falar dos benefícios do exercício, mas poucos se concentram nas maneiras específicas pelas quais isso pode beneficiar pessoas com artrite. Um primeiro ponto e o mais óbvio, é que o exercício ajuda a reduzir o peso corporal, o que, em outras palavras, faz com que tenha menos pressão sobre as articulações, reduzindo a inflamação e a dor. Outros benefícios ficam por conta do cardio e da musculação moderada, ajudando a fortalecer os músculos ao redor das articulações.

Publicidade

Quanto mais fortes são esses músculos, menos tensão eles exercem sobre as articulações. O exercício também nos ajuda a manter a densidade óssea, e uma boa saúde dos ossos significa também melhor saúde das articulações.

Para os corredores com artrite.

Os novos corredores devem sempre começar devagar, esse cuidado deve ser redobrado para os corredores com artrite. Os aquecimentos são absolutamente essenciais e eles devem incluir alongamentos.

Corredores mais experientes podem ter que reduzir sua rotina de treinamento, já que correr não causa artrite, mas pode agravar o quadro se for feito com frequência. Se um corredor costuma pegar a pista cinco dias na semana, pode ser que tenha que reduzir para três. 

Publicidade

As coisas mudam um pouco quando você desenvolve esse mal. Não importa se você é um corredor de maratona ou novo no esporte. Em ambos os casos, um diagnóstico desses significa que as coisas precisam mudar em relação ao esporte.

Corredores com artrite precisam se preocupar com a superfície em que correm, com o tipo de calçados, entre outras coisas. Embora todos os corredores devam se preocupar com sua forma física, isso é especialmente importante para quem sofre de artrite.

Em resumo, um diagnóstico de artrite não precisa ser o fim. De fato, pode ser apenas o começo. Seja paciente e responsável e apenas se certifique de seguir em frente e se cuidar sempre! 

Publicidade

Curtiu? Então leia aqui também sobre desgaste no tornozelo e como tratar!

Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

corrida de são silvestre 2020 corrida de são silvestre 2020

Como será a Corrida de São Silvestre 2020?

Você Sabia?

supinação supinação

Sofre de supinação? Entenda como consertar isto.

Treinamento

grupos de corrida pós covid-19 grupos de corrida pós covid-19

Grupos de corrida pós COVID-19. Como vai ser?

Dicas de Saúde

VO2Max VO2Max

O que é o VO2 Max e como melhorar?

Você Sabia?

Publicidade
Publicidade
Conecte-se #BrasilRun