A respiração é fundamental para todos os seres humanos, pois, ela oxigena o nosso corpo. O sistema respiratório realiza a troca de gases com o ar atmosférico.

Essa prática é fundamental para os praticantes de atividades físicas, todo o oxigênio captado pelos pulmões é transformado em energia na hora de executar a corrida.

A respiração deve ser feita naturalmente, o que determina o ritmo da inspiração ou expiração, são as condições determinadas pelo tipo de treino e condicionamento do atleta.

A forma de respirar pode interferir diretamente na sua performance. Durante a atividade física, o corpo precisa de uma ventilação maior, especialmente nos exercícios mais puxados.

Por isso, é preciso ter controle da respiração, para facilitar o exercício, auxiliar no aumento da resistência e evitar a fadiga. A intensidade da respiração pode tornar a hiperventilação pulmonar muito mais difícil.

Sabe aquela dor chata na lateral da barriga na hora de correr, pode ser resultado de uma má respiração, já que a falta de oxigenação do diafragma, causa a chamada isquemia local.

Isso ocorre quando o atleta está se exercitando num nível mais forte do que permite o seu condicionamento físico, e o corpo não consegue suprir a necessidade de oxigênio.

É preciso fortalecer os músculos sempre, para ajudar no processo e no movimento de respiração, como abdômen, diafragma, intercostais e paravertebrais.

O correto é respirar pelo nariz ou pela boca?

respiração

Muitos acham que é preciso inspirar pelo nariz e soltar pela boca, mas, isso vai de acordo com o ritmo do exercício. Ficar preso a uma forma de respirar pode causar falta de coordenação, fazendo o atleta se cansar mais rápido.

Fica difícil trabalhar apenas com a respiração nasal, o corredor também deve respirar pela boca em alguns casos. Encontre o seu ritmo certo e respire de acordo com o que seu corpo solicitar.

Como sei se minhaa respitrração está correta?

A respiração deve ser abdominal (diafragmática), aquela que infla a barriga e não o peitoral. Quando inspiramos, o diafragma, realiza um moviment para baixo, e pressiona o abdômen para fora.

Na expiração o diafragma realiza o movimento para cima, causando a barriga murcha. Desta forma, se oxigena o cérebro, aumentando o condicionamento físico do atleta.

Como melhorar a respiração durante a corrida?

Como falado aqui nesse artigo, na corrida não existe uma regra exata para respiração, mas o ciclo de respiração simultâneo ajuda a economizar energia e a estabelecer um ritmo respiratório.

Não importa como você irá respirar, o mais importante é sempre variar até encontrar a melhor maneira e se ajustar a ela, com o passar do tempo isso se torna automático, e só beneficiará o atleta.

Curtiu? Então leia mais aqui sobre respiração rítimica.