O Crossfit é muito famoso, e para quem não sabe, se trata de uma modalidade esportiva que pode acarretar alguns riscos. E é sobre isso que vamos falar aqui nesse artigo, se quiser saber mais, leia até o final.

A modalidade apresenta trabalhos de alto esforço físico, o que exige muito mais de qualquer pessoa, mas devido à procura e a fama, ele foi adaptado para todos os tipos de público.

Trata-se de uma forma de treinamento um pouco mais puxada, baseada em exercícios que não devem superar o tempo de 50 minutos de duração, segundo especialistas no esporte.

As atividades desse esporte incluem exercícios cardiovasculares, levantamento de peso, trabalho de força, além de um bom condicionamento físico, flexibilidade, equilíbrio, resistência muscular, e respiratória.

Mais sobre o crossfit.

Embora o crossfit seja popular hoje em dia, os vários casos de lesões deram a ideia de que o esporte é muito perigoso. E isso acontece porque muitos decidem praticá-lo sem avaliar sua condição física e estado de saúde.

É necessário adaptá-lo às capacidades físicas de cada pessoa, pois, a rotina de treinamento duro não é igual para todo mundo. Consultar um médico e avaliar o desempenho físico antes de começar a treinar é fundamental.

crossfit

A prática de crossfit só é perigosa quando não se tomam esses cuidados. Deixar de avaliar o estado atual de saúde, e praticar a modalidade sem ter resistência física suficiente, poderá acarretar:

  • Lesões nos músculos, ligamentos, tendões e ossos.
  • Lesões sérias na coluna vertebral.
  • Enfraquecimento e fadiga prolongada.
  • Alterações no sistema cardiovascular, como aumento da pressão arterial.
  • Rabdomiólise, um transtorno que consiste na decomposição do tecido muscular. Ao produzir a liberação de conteúdo das fibras musculares no sangue, há maior predisposição de problemas como insuficiência renal e arritmias.

Dicas para praticar o crossfit sem correr todos esses riscos.

Para que a prática do crossfit seja sempre segura é necessário seguir algumas dicas. A primeira delas, é essencial determinar como está o estado de saúde do atleta, e averiguar se existem possíveis doenças.

Além disso, é preciso consultar um treinador especializado nesta disciplina. Esse tipo de profissional é essencial, ele irá ensinar os exercícios adequadamente, reduzindo assim o risco de futuras lesões.

Muitas pessoas relatam que não abrem mão, e são apaixonados pela prática esportiva, mas é preciso levar a sério todos os riscos e tomar os devidos cuidados avaliando se o crossfit é o ideal para você.

Curtiu? Então leia aqui também sobre quanto é correr demais.