Conecte-se!
grávidas

Para as Meninas

Grávidas corredoras podem seguir correndo?

Publicidade

Muito se fala sobre a prática de atividades físicas para grávidas, sobre ser o melhor ou não nessa fase da vida da mulher, e é o que vamos ver aqui, ao longo desse artigo. Acompanhe!

A primeira coisa a se dizer sobre o tema, é que a prática de atividades físicas por gestantes é altamente recomendada. E a corrida está entre os esportes que podem ser praticados pelas futuras mamães.

De acordo com profissionais do ramo, a prática regular de exercícios colabora para:
– Reduzir as dores lombares;
– Melhora da constipação intestinal;
– Diminuição do risco de diabetes gestacional, pré-eclâmpsia e parto
cesárea;
– Promove o ganho de peso saudável durante a gravidez;
– Melhora o condicionamento físico geral;
– Fortalece o coração e os vasos sanguíneos;
– Ajudar a perder o peso adicional depois que o bebê nasce.

É um consenso entre os profissionais da área médica e da educação física de que todas as mulheres grávidas podem, e devem praticar atividades físicas.

Publicidade

E que aquelas antes sedentárias, devem começar lentamente, até tornar essa prática comum. Mas tudo precisa ser avalizado por profissionais, que tenham condições de calcular os benefícios e os riscos da atividade durante a gestação.

Mulheres grávidas podem praticar atividade física, incluindo a corrida, desde que tenha liberação médica e acompanhamento de um profissional de educação física. Vamos ver mais sobre o assunto, a seguir.

Cuidados e riscos da corrida para grávidas.

grávidas

Não é porque a corrida é indicada para grávidas que as gestantes podem sair correndo por aí, sem preocupações, a prática do exercício deve ser interrompida quando notar sintomas diferentes, em especial, tonturas e dor de cabeça.

Além disso, a grávida deve sempre monitorar a frequência cardíaca durante o treino e evitar as atividades em ambientes quentes e úmidos. A corrida pode ser prejudicial quando a frequência cardíaca da mãe se mantém muito elevada.

Publicidade

No último trimestre da gravidez, a corrida não é indicada, já que o volume abdominal pode aumentar o risco de queda. Em outros casos, algumas grávidas têm complicações, o que impossibilita a realização de qualquer tipo de esforço.

Correr grávida também cansa um pouco mais, daí a importância de diminuir o ritmo. A alimentação também precisa ser observada já que, normalmente, as corridas são realizadas muito cedo, horário em que ocorrem alguns enjoos.

A corrida gera um bem-estar muito grande, só que é preciso se conhecer bem e respeitar os limites do corpo, para que tudo seja perfeito para a futura mamãe e seu bebe.

Publicidade

Curtiu? Então leia aqui também sobre como voltar para a corrida depois de ter filhos.

Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

supinação supinação

Sofre de supinação? Entenda como consertar isto.

Treinamento

VO2Max VO2Max

O que é o VO2 Max e como melhorar?

Você Sabia?

corrida para mulheres acima dos 40 corrida para mulheres acima dos 40

Corrida para mulheres acima dos 40. Veja os benefícios.

Para as Meninas

lesões mais comuns entre os iniciantes lesões mais comuns entre os iniciantes

As lesões mais comuns entre os iniciantes na corrida.

Dicas de Saúde

Publicidade
Publicidade
Conecte-se #BrasilRun