BRASILRUN-LOGO-MOBILE

Whey Protein – Guia completo

O Whey Protein é um alimento muito usado como suplemento e que faz sucesso entre homens e mulheres, principalmente aqueles que vão para a academia.

Entretanto, não é incomum que muitos não entendam exatamente para que esse alimento serve ou quais são as substâncias que compõem os potes do produto. Sendo essencial conhecer as principais questões sobre o tema.

Não à toa, existem aqueles que tomam o whey de forma completamente descontrolada, sem nenhum conhecimento e/ou apoio profissional, mas também aqueles que sabem exatamente o que querem e como conseguir isso.

Matérias Relacionadas

Então, aqui, você vai descobrir tudo o que precisa sobre essa suplementação alimentar para começar a fazer parte desse segundo grupo de pessoas.

Boa leitura!

Afinal, para que serve o Whey Protein?

Primeiramente, o whey protein é uma proteína extraída do soro do leite e que é definido como um alimento. Sendo que o processo de fabricação acontece semelhante ao do queijo.

Mulher preparando o shake com whey protein
Preparando o shake com whey protein

Dessa maneira, a proteína possui uma série de aminoácidos essenciais para o corpo humano, sendo que organismo não os sintetiza, mas precisa deles funcionar. No caso do Whey Protein, essas proteínas auxiliam na formação dos tecidos e dos músculos.

A partir disso, este suplemento possui um alto valor biológico, o que significa que pode oferecer um melhor aproveitamento do funcionamento metabólico.

Logo que começou a aparecer no mercado, o Whey Protein causou uma série de dúvidas nos adeptos da alimentação saudável, academia ou mesmo entre aqueles que faziam qualquer tipo de acompanhamento nutricional.

Isso porque, não bastava consumir o alimento, era preciso conhecer suas vantagens.

Assim, uma pesquisa importante foi sobre o funcionamento da proteína do leite no organismo, publicada no The American Journal of Clinical Nutrition.

De acordo com o estudo, o alimento é um precursor da glutationa, um importante antioxidante do corpo.

Com isso, é capaz de melhorar o desempenho dos órgãos a partir da desintoxicação interna capaz de realizar.

Na prática, isso quer dizer que além de melhorar a produção de tecidos e fortalecer os músculos, o whey também elimina toxinas presente no organismo.

E aí você pode se perguntar exatamente para que serve este suplemento, já que não é indicado para todas as pessoas.

Isso você vai entender melhor logo abaixo.

Na prática, o alimento serve para completar as necessidades diárias das proteínas que um ser humano pode precisar para que o organismo funcione.

Ao mesmo tempo, serve para recuperar o gasto energético dos treinos, aumentar a massa muscular e síntese de proteínas, garantindo o desenvolvimento da forma física.

Atenção!

O suplemento whey pode ser recomendo por nutricionistas nos seguintes casos:

  • Auxilio para dietas ou reeducação alimentar;
  • Aumento da imunidade;
  • Em tratamentos médicos onde é essencial a suplementação;
  • No pós-operatório, entre outros.

Quando se deve tomar Whey Protein?

Se você tem qualquer tipo de rede social, muito provavelmente já viu algum famoso (a) ou mesmo o pessoal do “mundo fitness” falando sobre esse suplemento.

Principalmente as blogueiras e os adeptos da academia, estão sempre falando sobre os benefícios desse alimento, dão dicas de como incluir na rotina e mais.

Daí, você pode se perguntar: “será que eu posso tomar o suplemento?”

Bom, no geral, o whey é um alimento que pode ser consumido por qualquer adulto que tenha uma saúde regular, estável ou que seja considerada como saudável.

Em outras palavras, não é indicado para crianças ou jovens com menos de 18 anos ou para indivíduos que possuem algum tipo de condição médica.

Então, se você não se enquadra no quadro “saudável”, deve procurar um médico antes de começar a fazer suas compras.

Mas atenção, isso não quer dizer que você não vai tomar o suplemento. Pelo contrário.

O que acontece é que o Whey Protein é indicado para vários grupos de pessoas, mas alguns precisam de um auxilio para o consumo.

Se o seu objetivo é perder peso, por exemplo, pode consumir o alimento com alguns cuidados alimentares e também incluindo uma mudança no estilo de vida.

Da mesma maneira, é indicado para pessoas que precisam ganhar peso, mas como forma de aumentar a massa magra e não as gordurinhas.

Sendo assim, o produto faz parte da rotina de milhões de pessoas, e também pode ser parte da sua. Desde de que você tenha um acompanhamento profissional.

Então, a principais indicações do suplemento incluem pessoas que:

scoop com whey protein
scoop com whey protein

Tome notas:

  • Para dietas de perda de peso;
  • Para dietas de ganho de massa magra;
  • Como suplemento para aumentar os músculos;
  • Para recuperar os tecidos do corpo, após atividades físicas;
  • Fortalece o sistema imunológico;
  • Pessoas que tem dificuldade para ganhar massa muscular;
  • Como suplemento após cirurgias, para recuperação;
  • Em diversas condições médicas, para fortalecer e melhorar a alimentação.

Que tipo de Whey Protein devo tomar?

Os tipos desse suplemento se dividem em três grandes grupos, sendo que ficaram mais conhecidos após uma pesquisa de 2010.

Na pesquisa, realizada na Universidade Estadual de Washington, USA, foi possível notar uma redução na pressão sanguínea de indivíduos que consumiam regularmente o alimento.

Como resultado, se mostrou eficiente em quadros de hipertensão.

Ao mesmo tempo, isso se apresentava como um benefício de longo prazo, para prevenir ataques cardíacos e acidentes vasculares cerebrais.

Para saber que tipo de Whey Protein você deve tomar, conheça os três tipos e recomendações:

Concentrado:

O concentrado é um dos tipos mais comuns entre o público geral, que faz atividades regulares e tem uma boa alimentação, mas que não tem foque em ganho excessivo de músculos.

Além disso, é mais saboroso que os outros, mas possui lactose e gordura.

Neste, a concentração de proteínas varia de 30% a 80%.

Entre os principais benefícios desse alimento podemos destacar:

  • Manutenção da massa muscular;
  • Recuperação dos tecidos dos músculos;
  • Melhora a performance;
  • Aumenta a absorção de aminoácidos;
  • Auxilia na hipertrofia;
  • Reduz o catabolismo, entre outros.

Se você não sabe o que é o tal catabolismo, mantenha a calma.

Em termos simples, o catabolismo se refere a quebra ou degradação de algumas substâncias do corpo.

Neste caso, a redução significa que o suplemento evita que a massa muscular seja usada como fonte de energia, evitando a redução da musculatura.

Este tem uma absorção lente no organismo e, por isso, é usado por alguns para controlar a fome.

Whey Protein Isolado:

O Whey Protein isolado é mais consumido por aqueles que estão aumentando a performance de exercícios e que precisam de um “gás extra” para tal.

Neste você tem 90% ou mais de proteínas na sua composição e também uma redução nas gorduras e na lactose.

Ao escolher o whey isolado, você tem todos os benefícios da versão concentrada, mas é ideal para quem busca o aumento dos músculos.

Como é voltado para o ganho de massa, também pode auxiliar na proteção óssea, considerando que esses indivíduos tem um maior impacto no esqueleto.

O Isolado possui uma taxa de absorção mais rápido que o anterior e é capaz de isolar outros componentes, como a gordura, caseína e lactose.

Hidrolisado:

Por fim, o Hidrolisado é o suplemento onde as proteínas já são pré-digeridas, ou seja, quando você consome, a absorção é muito mais rápida.

Justamente por isso, provoca um aumento de insulina na corrente sanguínea.

O Hidrolisado é o suplemento em sua forma mais pura e sem lactose.

Como resultado, pode ser a melhor escolha caso você tenha sensibilidade ou alergia a lactose, realiza treinos mais pesados ou tem restrições alimentares.

De maneira geral, as vantagens seguem sendo as mesmas destacadas acima, mas este tem uma absorção três vezes mais rápida.

Qual escolher?

Para escolhe o melhor Whey Protein para a sua alimentação, é essencial conversar com um profissional e pensar nos seus objetivos e restrições.

Mas não é só isso, você também precisa analisar como será a sua alimentação, frequência e intensidade dos exercícios, metas de curto e longo prazo e assim por diante.

Geralmente, o concentrado é a opção mais indicada, além de ter um custo benefício mais interessante.

Entretanto, se você quer um melhor desempenho o Whey Isolado pode ser a melhor saída e, se possui restrição a lactose, é melhor escolher o Hidrolisado.

Como inserir o alimento na sua rotina

Depois de conhecer as variações ou tipos disponíveis do suplemento, surge a dúvida de como inseri-lo na rotina, não é?

Assim, é preciso ter atenção ao tipo e também aos seus objetivos e rotina.

Geralmente, o Concentrado e Isolado devem ser consumidos antes dos treinos, para melhorar a sua performance e garantir o gasto das gorduras como energia.

Já o Hidrolisado, é indicado após o exercício, já que tem uma alta taxa de absorção.

Por outro lado, a melhor alternativa é conversar com um profissional que entenda do assunto ou até mesmo com o seu nutricionista.

Isso porque, dependendo do tipo de treino ou objetivo, o consumo pode variar um pouco, para evitar danos aos tecidos, ganho de massa ou quebra de gorduras.

A maior parte dos consumidores optam por consumir o suplemento misturado com água ou leite, já que facilita a rotina e tem um tempo de preparo rápido.

Além disso, você pode preparar, colocar em um copo e sair andando para pegar o ônibus, ir para o trabalho/faculdade e assim por diante.

Em outros casos, você também pode consumir adicionando o pó a cereais, iogurtes e outras receitas.

Nas receitas, o suplemento é pouco conhecido, mas pode ser indicado por nutricionistas para facilitar o consumo. Principalmente se você estiver seguindo alguma dieta especial.

Portanto, converse com o seu médico, nutricionista ou personal.

Whey Protein Engorda?

Se você, como grande parte das pessoas ao redor do globo, passaram pela pandemia e acabou ficando um pouco acima do peso, sabe que a convulsividade alimentar começa aos poucos e vai se tornando parte da rotina.

uso da balança para acompanhar seus resultados
uso da balança para acompanhar seus resultados

Pense que, quando você percebe o que está acontecendo com o seu peso, o número da balança já está alto e as roupas parecem ser de anos atrás.

Esse mesmo cenário acontece quando pensamos em suplementos, como o Whey.

Afinal, muitos afirmam que começaram a engordar ou ganhar peso com o consumo do alimento.

A resposta mais correta para a pergunta do título é que não, o Whey Protein não engorda.

Por outro lado, é preciso ter um poco de cuidado com o consumo por duas razões principais:

  • Você vai notar um aumento de massa, o que pode interferir no peso da balança;
  • Quando ingerido em excesso pode sobrecarregar os rins e o fígado.

Daí a importância do acompanhamento com um profissional.

Uma informação relevante para quem está começando a conhecer este alimento é que o suplemento propicia a troca de gordura por massa.

Pense que, ao começar a inserir o suplemento na rotina, o seu corpo recebe uma força para aumentar a produção de tecido dos músculos.

Quando isso acontece, o organismo passa a gastar mais energia, para compensar essa massa magra.

Sendo assim, pode forçar a quebra de blocos de gordura.

Na prática, isso não significa exatamente que você vai emagrecer, mas que o seu corpo pode começar a queimar mais gordura e aumentar a massa magra.

Se tiver maiores dúvidas sobre o funcionamento ou alterações de peso e medidas, converse com um nutricionista.

Preço do Whey Protein

Se você já acompanha nossa página online, provavelmente, já viu uma série de dicas interessantes para começar agora a fazer parte de um dos grupos que mais cresce no Brasil.

Mais importante que isso, se você já começou a fazer algumas buscar de Whey na internet, pode ter notado que existem diversos preços.

Isso acontece por vários motivos diferentes, mas, o mais comum, é que o Concentrado seja uma opção mais barata e o Hidrolisada a mais cara.

Essa diferença se dá pelo processo de produção, já que o Hidrolisado é um pouco mais complexo.

Como resultado, o Concentrado tem um dos melhores custo-benefício do mercado e é também o mais indicado para consumo geral. Mas também temos o Isolado, que fica nesse “meio” entre os dois.

Ao mesmo tempo, os suplementos podem ter sabores diferentes dentro de um mesmo tipo.

Sendo essa uma característica que também altera o valor.

Por exemplo, o Whey Protein Concentrado Waxy Whey de dois quilos vale em torno de R$ 80 enquanto que o Hidrolisado pode ultrapassar R$ 200.

Os preços também variam de acordo com outros tópicos, sendo ideal fazer uma pesquisa de acordo com a recomendação do profissional que está acompanhando o seu desenvolvimento.

Dúvidas comuns – Respostas que você precisa ter 

dúvidas em comum

Para finalizar esse post, existem uma série de perguntas sobre o alimento que você precisa conhecer antes de começar a consumir.

Então, vamos conhecer as respostas.

Quem não é atleta pode consumir?

Sim.

O alimento pode ser consumido por atletas, por indivíduos que malham “pesado” ou mesmo por pessoas que fazem poucas atividades físicas.

Assim, os médicos podem indicar o suplemento para pacientes pós-cirúrgicos, para a perda de peso, aumentar a massa magra e outros.

Pode ser usado como substituto alimentar?

Não.

O Whey Protein é um suplemento que não deve substituir as principais refeições do dia, sendo elas:

  • Café da manhã;
  • Almoço;
  • Jantar.

Dessa maneira, você pode consumir o whey como um lanche, entre as principais refeições do dia.

É melhor tomar antes ou depois dos exercícios?

Depende.

Geralmente, o ideal é tomar em torno de meia hora antes dos exercícios físicos para evitar a quebra de fibras musculares e aumentar o desempenho físico.

Porém, você pode consumir o alimento até duas horas depois do treino, com o foco de ganhar mais massa muscular.

Assim, o consumo depende da recomendação do profissional aliado aos seus objetivos.

Existem contraindicações?

A maior contraindicação do suplemento, nas versões Concentrada e Isolada, é para aqueles que possuem alergia ou algum problema no consumo de lactose.

Já que esse componente está presente no alimento, o que não acontece no Hidrolisado.

Uma dica é sempre consultar um profissional e, caso note qualquer sintoma estranho, parar com o consumo e procurar um médico.

O modo de consumo altera o resultado do suplemento?

Não exatamente.

O que vai mudar é a quantidade consumida.

Afinal, se você preparar com água ou leite, sabe exatamente quanto de Whey está bebendo.

Porém, se colocar em outras receitas, isso fica um pouco mais complicado.

A dica nutricional é beber sempre com água, porque o organismo consegue absorver com mais facilidade e mais rapidamente.

Existem suplementos específicos para mulheres?

Existem, mas isso não significa que você precisa consumir apenas estes.

O que acontece é que os produtos destinados apenas para mulheres possuem mais proteína de soja, que possui um componente parecido como o hormônio feminino.

Mas isso não significa que você não pode consumir o Whey Protein, já que ele não tem componentes relacionados a hormônios. Salvo alguns produtos específicos.

Na dúvida, sempre veja o que diz o rótulo.

Por isso, o ideal é sempre observar a embalagem, ler quais são os componentes e seguir as recomendações de profissionais.

Se você ainda ficou com alguma dúvida, não deixe de acessar os demais conteúdos aqui da página e acesse o Instagram para ficar por dentro de todas as novidades!

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on email
Share on twitter

Não pare aqui

HÁ MAIS PARA EXPLORAR

Você quer saber quais são os

principais tenis de corrida de 21/22?

ad_345x345
ad_970x90

..

ad_345x345
ad_970x90
ad_970x90

Juntos somamos milhares de atletas. inspire-se.

#brasilrun

quer ajuda?

Você pode navegar pelo nosso menu ou usar esta barra de pesquisa:

Não Vai Acontecer Em Um Dia

NÃO DESISTA SEM TENTAR

ad_345x345
ad_970x90