As dores nas canelas são uma das lesões de corrida mais comuns. A dor geralmente se dá na parte da frente da canela ou nas costas dentro da canela, o que é conhecido como canelite.

Ela é causada por músculos tensos da panturrilha e canelas fracas, mas outros fatores também podem agravar a lesão. Correr em superfícies duras, por exemplo, pode sobrecarregar os músculos das pernas do atleta.

Separamos aqui nesse artigo, 4 maneiras de prevenir a canelite, portanto, se é atleta e passa constantemente por esse problema, sugirimos que leia até o final e se previna da canelite.

4 maneiras de prevenir e tratar dores nas canelas.

Existem várias etapas que você pode executar para acelerar a recuperação após correr e sentir dores na canela. Use uma bolsa de gelo nas pernas, e mantenha por 10 a 15 minutos a cada 4 a 6 horas e verifique se o seu pé está elevado.

Veja essas 4 maneiras de evitar a canelite. Se a dor persistir, consulte seu médico sobre a possibilidade de uma fratura por estresse.

  • Não aumente sua milhagem muito rapidamente.

A canelite é considerada uma lesão por uso excessivo, pois, geralmente ocorre quando os corredores, especialmente os mais novos, aumentam sua milhagem ou intensidade muito rapidamente e não permitem um tempo de recuperação.

Reduza pela metade sua corrida e considere tirar alguns dias de folga. O importante é não passar pela dor, escute seu corpo e recue quando for necessário.

  • Corra em superfícies mais suaves quando possível.

Correr em superfícies duras, como concreto, aumenta o estresse e o impacto nos músculos, articulações e ossos. É importante variar suas superfícies de corrida.

Tente encontrar trilhas de grama ou terra para percorrer, especialmente para as corridas de quilometragem mais alta, essa variação de terrenos ajudará muito.

  • Dê a si mesmo tempo de descanso e recuperação suficientes

Evite correr dois dias seguidos, tirar um dia de descanso limitará as batidas nos músculos, articulações e ossos, e dará ao corpo a chance de se recuperar.

Mesmo se você for um corredor experiente, tirar pelo menos um ou dois dias de folga a cada semana reduzirá o risco de canelite e outras lesões por uso excessivo.

  • Obtenha os tênis de corrida certos.

Correr com tênis que perderam o amortecimento pode levar a canelite. O atleta deverá substituir seus tênis de corrida a cada 300 a 400 milhas, obtenha conselhos em uma loja especializada em corrida.

Curtiu? Então leia aqui também sobre a crioterapia e como ela pode ajudar nas lesões.